• MINIMIZA | Apresentações sem firulas

Como evitar os temidos vícios de linguagem

Você sabe como construir uma boa oratória livre dos famosos vícios de linguagem? Então, vem aprender!



Vícios de linguagem são... hã... desvios das normas gramaticais... então... são palavras ou expressões que interrompem a transmissão da mensagem e... é... dificultam o entendimento do ouvinte.


Ao inserir os vícios comuns da oratória na linguagem escrita, percebemos logo seu efeito no texto: eles interrompem a linha de raciocínio do leitor. Porém, na escrita, ainda temos o benefício da repetição. Podemos voltar algumas palavras e reler a frase de forma mais compreensível para nós, ignorando as expressões intrusas.


No entanto, quando falamos de discurso e oratória, a realidade é outra. Durante uma apresentação, não é comum o público ter liberdade para pedir que algo seja repetido, mesmo que não tenha sido possível compreender a mensagem. A fala do orador precisa ser clara e, por isso, esses vícios precisam ser evitados a todo custo.


O vídeo "O SEGREDO para melhorar sua ORATÓRIA e falar bem em público", no nosso canal Tudo sem Firulas, fala exatamente sobre como evitar esse tipo de vício. Durante o vídeo, Laís Vargas, Co-Fundadora do MINIMIZA Apresentações e LinkedIn Top Voice 2018, e Thiago da Mata, engenheiro com experiência em multinacionais nas áreas de Marketing & Vendas, vão te contar o SEGREDO para eliminar de vez os vícios de linguagem do seu vocabulário. Dá uma olhada: