top of page

4 expressões depreciativas que estão banidas das suas apresentações


4 expressões depreciativas que estão banidas das suas apresentações
4 expressões depreciativas que estão banidas das suas apresentações

Você já esteve em uma apresentação em que o palestrante começou pedindo desculpas?


Ou talvez tenha presenciado alguém começando uma fala com a expressão "Hoje vou falar um pouquinho sobre..." e sentiu a sua atenção diminuir automaticamente?


E se na hora de se posicionar como um especialista, o apresentador expressa suas convicções com “eu acho”, é convincente?


E quando o apresentador finaliza com “é isso!” e deixa no ar sensação de que não sabia qual o próximo passo e encerrou ali mesmo...


Essas expressões, embora pareçam inofensivas à primeira vista, comprometem a eficácia das suas apresentações e prejudicam a forma como você é percebido pelos ouvintes, enfraquecendo sua autoridade como apresentador.


A apresentação é a oportunidade que você tem para transmitir seu conteúdo para audiência, e nada melhor e mais importante do que fazer isso com confiança. Então começar de forma depreciativa, desenvolver a apresentação com base em suposições, e finalizar deixando a sensação de que falta algo, de fato, não é a melhor das estratégias.


Neste artigo, exploraremos cada uma dessas 4 expressões depreciativas que estão banidas das suas apresentações, analisando por que devem ser evitadas e apresentando alternativas eficazes para você abolir de vez essas expressões das suas apresentações.


E no final, você poderá fazer o download gratuito do Checklist MINIMIZA, nosso material desenvolvido para conferir se o seu discurso está livre de expressões depreciativas e outros erros que comprometem sua performance nas apresentações. Vamos lá?!


1 – “Já peço desculpas...”


Seja pelo cachorro latindo, a criança chorando, o slide que não está do jeito que você queria ou pela cara de cansado... não comece sua apresentação pedindo desculpas.

4 expressões depreciativas que estão banidas das suas apresentações

Iniciar uma apresentação com um pedido de desculpas transmite a ideia de insegurança e enfraquece sua autoridade perante o público. Em vez disso, concentre-se em introduzir o assunto de forma assertiva, demonstrando confiança desde o início.


2 – “Hoje vou falar um pouquinho sobre...”


Esqueça palavras no diminutivo. Elas diminuem o impacto do seu trabalho e tiram a importância do seu discurso, fazendo parecer que você tem pouco a acrescentar para elas, desestimulando logo de cara que a audiência preste atenção no que você tem a dizer.


Em vez disso, seja direto e objetivo. Comece com uma afirmação clara sobre o tema que será abordado. Por exemplo, ao invés de "pouquinho", diga "Hoje vou falar sobre...".

4 expressões depreciativas que estão banidas das suas apresentações

3 – “Eu acho que...”


Essa expressão introduz incerteza em suas afirmações e ativa a desconfiança na audiência: ele de fato sabe isso ou está fazendo suposições?

4 expressões depreciativas que estão banidas das suas apresentações

Lembre-se que ao apresentar, você está em uma posição de especialista. Você provavelmente é a pessoa que mais sabe sobre o assunto específico, pois criou toda a apresentação. Não tenha medo e fale com firmeza!


Ao invés de usar "eu acho", opte por declarações mais fortes e confiantes, como “eu acredito”, por exemplo. Isso irá transmitir autoridade e convicção, tornando sua apresentação mais persuasiva.


4 – “É isso!”


Essa é, definitivamente, a pior maneira de finalizar seu discurso em uma apresentação. Ao falar dessa forma, a audiência fica com uma sensação de que "é SÓ isso". Desperta na audiência a sensação de que você não tem nada a mais a acrescentar e só quer terminar a apresentação o quanto antes.

4 expressões depreciativas que estão banidas das suas apresentações

Troque “é isso” por uma conclusão poderosa para encerrar sua apresentação de forma impactante, deixando na audiência uma última impressão duradoura.


Em nosso Instagram, temos um post sugerindo 3 formas de encerrar sua apresentação de maneira impactante e memorável. Clique aqui e leia!


Elimine essas expressões com o Checklist do MINIMIZA!


O melhor conselho que podemos te dar para se livrar destas palavras no seu discurso é treinar. Treine, treine e treine!

4 expressões depreciativas que estão banidas das suas apresentações

Faça seus treinos utilizando a câmera do seu celular (esqueça o espelho!) e assista os vídeos. Repita quantas vezes forem necessárias, até que o resultado final esteja do jeito que você espera. Dessa maneira você consegue analisar sua performance e corrigir o que te incomoda, inclusive essas e outras expressões depreciativas que estão impregnadas no seu discurso.


A preparação para apresentar é uma das 5 etapas do Método Sem Firulas, e entra como a última passo através do nosso Checklist, um material gratuito desenvolvido pelo MINIMIZA para você minimizar os erros nas apresentações e melhorar a sua performance final.

4 expressões depreciativas que estão banidas das suas apresentações

Assim como você não sai de casa sem antes conferir se pegou tudo que precisava, não vá apresentar sem antes conferir se todos os detalhes da apresentação final estão certos.


Portanto, nossa recomendação final é que você clique aqui e baixe nosso Checklist agora mesmo.



Comments


bottom of page